sexta-feira, 30 de julho de 2010

Mentir

A mentira é uma coisa tão fútil e cruel. Pra que a sua existentencia? É como se fosse um sentimento melancólico, sem pé, sem cabeça. Às vezes dita para o bem , vezes para fortalecer o próprio ego, vezes desnecessárias de serem ditas, vezes ditas para fazerem judiarias. É doce, é amargo ou apenas capaz de ser inútil.
Mentiras. Mentiras ditas. Mentiras ouvidas. Mentiras afirmada. Mentira juradas. Mentiras em gestos. Mentiras muito mal contada. Mentiras cruéis. Chega, basta! E o pior que é sempre descoberta no final das contas cedo ou tarde a verdade vem a tona e o trabalho de bolar uma incrementada história é toda jogada no lixo. Admito pode se tornar um vício, mas espera ai como um ser pode ser tão burro de fazer a mesma burrice inúmeras vezes? Acredito que cada um pode ser capaz de desvendar uma mentira, mas também sei que em algum momento de nossas vidas também mentimos facilmente ou ate mesmo com uma certa dificuldade. Somos humanos e temos direito de erra uma ou inúmeras vezes ate aprendermos o que é realmente certo para nós. O que seja, cada um faz o que bem entender de sua vida.
Busque em você o melhor pra ti e para o mundo, confiar em si mesmo é a melhor opção para ser melhor que todos.

"A mentira roda meio mundo antes da verdade ter tido tempo de colocar as calças." (Winston Churchill)

Um comentário:

Edson disse...

Interessante sua posição a mentira.
Uma vez menti descaradamente para um assaltante no ônibus, não sei porque sabia com antecedência que aquele coletivo ia ser assaltado e pedi para uma desconhecida sentar encima do meu relógio e careteira. Pedi também que ela fizesse o mesmo com o relógio dela e fingisse que estava dormindo.
Loucura minha! O pivete junto com mais dois pediu os meus pertences e eu disse a eles que tinham me roubado no outro coletivo.
Eu acho que Deus teve pena de mim por eles não terem descoberto a minha mentira. Ah! A mulher também não foi roubada.

Eu também tenho um blog que fala do making off de meu romance...Detalhe, o título tem crepúsculo, mas não tem vampiro.
http://oultimolampejodocrepusculo.blogspot.com